Casamentos reais

16 de Julho de 2019

Casamento lixo zero é exemplo de sustentabilidade e comprometimento com o meio ambiente


 Casamento lixo zero é exemplo de sustentabilidade e comprometimento com o meio ambiente

Casamento de Vanusa e Jankiel é considerado o primeiro casamento lixo zero do Brasil

Você já se perguntou para onde vai todo lixo que o seu casamento produz? Diante de temas relevantes como a sustentabilidade ambiental e cuidados com o meio ambiente, essa pergunta deveria estar presente não só no casamento, mas em qualquer evento que é realizado.

Hoje queremos trazer um case que pode servir de exemplo e te inspirar a pensar o seu casamento de forma diferente, e porque não sustentável? Para os noivos Vanusa e Jankiel de Chapecó não fazia sentido celebrar o amor, comemorar um momento de extrema felicidade se não pensassem o grande dia com respeito ao meio ambiente. “Para isso, escolhemos fazer a nossa festa a mais sustentável possível, focando em sermos um casamento lixo zero”, comenta a noiva Vanusa.

Mas, antes de continuar, você sabe o significado de “lixo”? De acordo com Vanusa, lixo é quando misturamos vários tipos de resíduos que teriam valor econômico e inviabilizamos a reciclagem ou valorização deles. No cotidiano, a população gera basicamente resíduos recicláveis, compostáveis e rejeitos.

Recicláveis: É tudo aquilo que pode voltar para o ciclo produtivo por meio da reciclagem, como papel, papelão, jornal, revista, plástico, vidro, latas e etc.

Compostáveis: Estes resíduos devem ser valorizados por meio da compostagem, resultado de um adubo de qualidade e rico de nutrientes para ser usado em hortas e floreiras. Exemplo: Restos de alimento, casca de frutas e ovos, erva mate, guardanapos, palitos de madeira e etc.

Rejeitos: É tudo aquilo que não tem mais jeito e não pode ser reutilizado ou reciclado. Esses são: fitas adesivas, TNT, EVA, papel carbono, celofane e crepom, goma de mascar, fraldas, papel higiênico e outros materiais contaminados.

Tudo foi repensado

De acordo com o os noivos, tudo foi repensado, principalmente os materiais de uso único. Eles se esforçaram para utilizar produtos com a possibilidade de reutilização ou, ainda dispensaram outros que podiam ficar de fora sem comprometer a realização do grande dia. “Quisemos garantir que nossas escolhas fossem por materiais recicláveis e compostáveis, reduzindo ao máximo a geração de rejeitos”, destaca a noiva Vanusa.

Os resíduos recicláveis geramos no dia foram encaminhados para uma associação de catadores de materiais recicláveis de Chapecó, onde foram triados e vendidos para reciclagem, resultando em renda para essas famílias. Já os resíduos compostáveis foram encaminhados para uma composteira feita com o método Lages de Compostagem na casa da vó Anita para que virem um adubo de alta qualidade e entre no novo ciclo do alimento.

Mais detalhes do casamento....

O material gráfico foi impresso em papel reciclado. Um livro foi pensado para ser entregue aos convidados contando sobre toda história de tornar o casamento sustentável e desta forma instruir todos os convidados da importância de descartar de forma correta e produzir o minimo possível de lixo.

Os doces da mesa não continham aquele tradicional plástico, apenas foram envolvidos em papel manteiga que possibilita o descarte correto e sustentável do mesmo.

Fornecedores:

Assessoria: Flor de Lis

Arte Gráfica: Pamdi

Decoração: Gabriela Groth e Jaqueline Sordi

Buffet: Casa do Chef

Filmagem: Nossa História Filmes

Fotos Junior Alm


Publicado por Bem Casados
em 16 de Julho de 2019

NOSSO APLICATIVO JÁ ESTÁ
PRONTO, FIQUE LIGADO!

Baixe e confira as vantagens!